16 destinos para quem gosta de histórias de terror

16 destinos para quem gosta de histórias de terror

16 destinos para quem gosta de histórias de terror

Em todas as partes do planeta existem lugares que dizem ser mal-assombrados. Muitos viraram pontos turísticos, de peregrinação de curiosos e destemidos e até santuários. Para quem curte histórias de terror bem macabras, preparamos uma seleção de alguns destinos e locais envoltos por mistérios, sons e aparições. Leia se tiver coragem!

Castelo de Good Hope – Cidade do Cabo, África do Sul

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio na Africa do Sul

Muitos turistas contam que é comum aparições no local, principalmente no calabouço sem janelas, que teria sido utilizado como sala de tortura.

Praia e hospital de Changi – Changi, Cingapura

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-Cingapura

Durante a Segunda Guerra Mundial muitas mortes ocorreram nesse hospital. Há relatos de barulhos de choro e gemido dos prisioneiros torturados. Alguns contam até que levaram tapas de mãos invisíveis.

Fairmont Inn – Califórnia, Estados Unidos

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio na california

Inaugurado há mais de 80 anos, o Fairmont Sonoma Mission Inn & Spa, já serviu de alojamento de soldados na Segunda Guerra Mundial e até asilo. Hoje é um hotel de luxo em que muitos hóspedes garantes ter visto, no famoso “quarto redondo”, o espírito de Victoria, uma rica mulher de San Francisco que usaria um longo vestido branco.

Castelo de Bran – Romênia

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-Romenia

Conhecido como o Castelo do Conde Drácula, a bela construção na Transilvânia inspirou o autor Bram Stoker para seu romance gótico “Drácula”. Atualmente, virou ponto de atração turística e de peregrinação dos fãs das histórias de vampiros.

Quarantine Station- Sydney, Austrália

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio em sydney

De 1830 até 1984, imigrantes que chegavam a Sydney com suspeita de doenças contagiosas eram enviados a esses prédios no norte da baía da cidade para a quarentena. Muitas pessoas morriam no local. Por isso, a “Q Station” tem fama de ser um dos lugares mais assombrados do país.

Castelo de Edimburgo – Edimburgo, Escócia

16-destinos-para-quem-gosta-de-histórias-de-terror-Escocia

Construído no século 12 para servir de fortaleza militar, hoje é um dos principais pontos turísticos do país. Foi palco de assassinatos brutais e condenações à fogueira. Fatos inexplicáveis como queda de temperatura repentina, presença de figuras sombrias, a sensação de estar sendo observado e de alguém puxando a roupa levaram à fama de assombrado.

Stanley Hotel – Colorado, Estados Unidos

16-destinos-para-quem-gosta-de-histórias-de-terror-intercambio-no-colorado-intercambio-na-california

Localizado na cidade de Estes Park, inspirou Stephen King a escrever “O Iluminado”. Seu fundador, Freelan Oscar Stanley, supostamente assombra os corredores e quartos do hotel.

Museu do Ipiranga – São Paulo, Brasil

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-museu-do-ipiranga

Um dos principais museus da cidade – inaugurado em 1895-, guarda objetos e mobiliários do século 19. Visitantes e funcionários já disseram ter visto fantasmas andando pelo museu, nas bibliotecas, laboratórios e no jardim.

Floresta de Aokigahara – Japão

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio no japao

Conhecida como “floresta do suicídio” – cerca de cem pessoas por ano se matam no seu interior – tem densa vegetação com poucos pontos de luz. Muitos acreditam que os espíritos dos suicidas ficam presos na floresta, assombrando quem se atreve a entrar nela.

Praça Berkeley- Londres, Inglaterra

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio em londres

Esse imóvel tem muitas histórias assombradas. Nos anos 1700, uma menina foi assassinada por um criado. Contam que ela é frequentemente vista no último andar chorando. Depois, uma mulher, tentando escapar de seu tio, caiu da janela. Ela também sempre aparece pendurada no peitoril. Por volta de 1870, a casa ficou vazia e os vizinhos ouviam vozes e gemidos, móveis sendo arrastados, campainhas tocando e janelas batendo. Mais tarde foi ocupada por um homem que trancava o irmão louco em um quarto no último andar. Atualmente, uma livraria funciona no local e funcionários garantem que coisas estranhas acontecem por lá.

Catacumbas de Paris – França

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio em paris

No século 18, os cemitérios da França ficaram superlotados, ameaçando a saúde publica. A solução foi transferir os mortos para os caminhos subterrâneos (cerca de 400 km) criados como acessos às pedreiras da cidade. A mudança levou dois anos tantas eram as ossadas. Muitas pessoas garantem ter ouvido vozes, avistaram sombras, sentirem puxões nas roupas e até agarrões.

A ponte que grita – Ohio, Estados Unidos

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio nos estados unidos

A estrada Maud Hughes, em Liberty Township, tem registrado muitos acidentes fatais e até suicídios. Pelo menos 36 pessoas já morreram na estrada de ferro que fica debaixo na ponte. Há quem jure ter visto figuras negras encapuzadas, névoas misteriosas, luzes estranhas e até um trem fantasma.

Abadia de Thelema – Sicília

16-destinos-para-quem-gosta-de-histórias-de-terror-sicilia

A vila – uma ex-comuna – foi fechada por Mussolini após a morte do seu morador, Aleister Crowley, em 1923. Apesar de estar em ruínas e cheia de mato, atrai muita gente por causa da fama de assombrada. Moradores da região acreditam que a casa, onde eram realizadas orgias, é amaldiçoada e nem chegam perto dela.

Alcatraz –  San Francisco, Estados Unidos

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio em san francisco

A mais famosa prisão do mundo foi inspiração para livros e filmes. Nos 29 anos de funcionamento aconteceram muitos assassinatos, rebeliões e suicídios. Guardas e prisioneiros diziam ouvir sons estranhos, gritos desesperados, aparições e celas que se fechavam sozinhas. Hoje é aberta à visitação.

Teatro Municipal – São Paulo, Brasil

16-destinos-para-quem-gosta-de-histórias-de-terror-intercambio

Inaugurado em 1911, tem fama de mal-assombrado e muitos funcionários garantem ter visto fantasmas no palco e nos camarotes. Há quem diga que ouviu o som de uma orquestra invisível e a imagem de falecidos cantores de ópera em um dos seus camarins.

Túnel Tinoco – San José del Maipo, Chile

16 destinos para quem gosta de histórias de terror-intercambio no chile

O místico Túnel Tinoco, com cerca de 600 metros de extensão era utilizado pelo Ferrocarril, um trem que fazia a conexão entre as cidades locais, até o ano de 1980. A entrada luminosa, com paredes abertas em forma de arco, mostra uma visão muito bonita das montanhas e do rio Maipo, mas bastam alguns passos para que a escuridão tome conta do lugar. Hoje, o túnel está abandonado e ao final dele há um memorial em homenagem a Guillermo Antonio Rojas Reyes, conhecido como “Willy”. Em 1998, com 18 anos de idade Willy se suicidou enforcado dentro do Túnel Tinoco devido a uma desilusão amorosa. Dizem que o seu espírito ronda o local. Desde então, dezenas de pessoas visitam este lugar diariamente para pedir coisas e agradecer aos desejos alcançados.

Fotos: Divulgação

Deixando de lado o medo, vem se aventurar em uma viagem de puro conhecimento. Vem fazer intercâmbio com o Yázigi Travel. Esperamos o seu contato.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color settings
Link color
Menu color
User color
Background pattern
Background image