12 melhores cidades do mundo para se pedalar

12 melhores cidades do mundo para se pedalar

12 melhores cidades do mundo para se pedalar

Elas são utilizadas como lazer, esporte e meio de transportes. As bicicletas, bikes, magrelas ou camelo, como são conhecidas, acompanham o homem desde 1870. Nos dias atuais, ela faz parte da vida de muita gente que não abre mão de dar umas boas pedaladas. Se você não vive sem a sua magrela, listamos as 12 melhores cidades do mundo para se pedalar.

Camino Yungas, Bolívia

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

A opção é para quem gosta de adrenalina e aventura, já que a estrada superestreita, com aproximadamente 3 metros de largura, tem caminhos tortuosos, à beira de precipícios, com trechos a mais 3 mil metros de altitude. O Camino Yungas une a região de Yungas e La Paz, e é considerada a estrada mais perigosa do mundo, ou “rota da morte”. O chão é de cascalho, o que em uma descida exige bastante equilíbrio e controle da bike. Todos esses ‘contras’ são compensados pela vista de tirar o fôlego: o cenário é composto pela Cordilheira dos Andes, fauna e flora locais. Sem dúvida, o passeio é inesquecível.

Cliffs of Moher, Irlanda

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

O caminho liga Dublin a Galway, beirando o oceano que encantam turistas do mundo todo, tanto que foi utilizado como cenário para o filme Harry Potter e já esteve entre as Sete Maravilhas do Mundo. A trilha pode ser percorrida por ciclistas com níveis de experiência variados, porém, é preciso ter cautela com o terreno escorregadio e trechos que possuem apenas 40 centímetros de largura. O ponto mais alto do percurso de 8 quilômetros tem cerca de 200 metros. Pelo caminho, é possível parar para tirar fotografias do castelo Dunglaire, conhecer o monumento O’Brien Tower, de Poulnabrone, as tumbas de Gleninsheen e Burren.

Ao final da trilha, o ciclista pode tomar um banho gelado de mar ou ainda saborear uma das tradicionais cervejas irlandesas para fechar com chave de ouro a aventura.

Utah, Estados Unidos

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

O Estado é considerado a Meca do mountain bike e possui diversas trilhas, com níveis de dificuldade diferentes. O parque Estadual Dead Horse é um dos principais destinos para ciclistas interessados em explorar desfiladeiros e penhascos cor ocre com vista para o rio Colorado. O destaque do Estado é a cidade Moab, onde está a Slickrock, a trilha mais popular da região que possui cerca de 20 quilômetros de extensão. A Porcupine Rim, com aproximadamente 20 quilômetros, também está na lista de destinos dos ciclistas. Os caminhos contam com solo de terra batida, areia e penhascos estreitos onde é preciso ter cautela. Por se tratar de uma região desértica, onde os termômetros chegam facilmente aos 38°C, é essencial levar água para o passeio.

Whistler, Canadá

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

Se no inverno a cidade a 125 quilômetros de Vancouver é uma das principais atrações para a prática de esqui e snowboard, no verão, quando a neve já derreteu, se transforma em um bike park. Entre as trilhas que podem ser exploradas por ciclistas está Garbanzo, com raízes de árvores e pedras pelo caminho que elevam a dificuldade do trajeto de cerca de um quilômetro. A trilha é dividida em dois percursos, de acordo com o nível de habilidade do ciclista. No total, o parque possui cerca de 50 trajetos diferentes que totalizam, aproximadamente, 250 quilômetros de extensão. Os caminhos são cercados por vegetação rica e nos arredores os turistas podem se deparar com ursos vagando em seu habitat natural.

Sicília, Itália

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

Imagine pedalar pelas formações rochosas de um dos mais altos vulcões do mundo, e que ainda está ativo. Para quem gosta de aventura, percorrer uma trilha de bicicleta em terreno uniforme, partindo da cratera do Etna a mais de 3 quilômetros de altura, é o passeio ideal pela ilha italiana. Devido aos pontos de alta inclinação, é possível usar um teleférico ou jipe no trajeto de subida. Ainda na Sicília, existe a opção de pedalar por cerca de quatro dias pela cidade Corleone, famosa no clássico filme “O Poderoso Chefão”. São cerca de 330 quilômetros para conhecer os principais pontos nos arredores do município, que podem ser percorridos com ou sem guia. O clima mediterrâneo faz da Sicília amiga dos ciclistas durante o ano inteiro. Os turistas ainda podem fazer paradas para um mergulho no mar azul que cerca a ilha.

Amsterdã, Holanda

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

A cidade onde se calcula a média de uma bicicleta por habitante não poderia ficar de fora na lista de destinos para pedalar. Além das ciclovias, em Amsterdã existem semáforos e estacionamentos próprios para as bikes. O terreno plano facilita a locomoção com o veículo por toda a cidade, e a visita a pontos turísticos como o Museu Van Gogh, o museu Rijksmuseum, a Pieter Cornelisz Hooftstraat, o Vondelpark, tudo passando pelos famosos canais de Amsterdã. O caminho à beira do rio Amstel é ótimo para se ambientar à vida das bicicletas em Amsterdã. Pedalar até as vilas de pescadores Volendam e Edam, e conhecer o lago IJsselmeer, também é um itinerário imperdível. Porém, os roteiros de bicicleta não se restringem à capital. É possível chegar à Bélgica, França e Londres pedalando por ciclovias e estradas tranquilas, campos, rios e praias.

Copenhague, Dinamarca

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

Copenhague está anos luz à frente do restante do mundo quando se trata de infraestrutura bem projetada e uniforme para a bicicleta. Tanto que a magrela já é o principal meio de transporte para quase metade da população. Na capital dinamarquesa, pedala-se para ir à escola, ao trabalho, à padaria perto de casa e até mesmo para sair à noite e tomar alguns drinks. Se achou impressionante, saiba que a expansão de projetos voltados às magrelas é constante.

Montréal, Canadá

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

Com mais de 120 parques espalhados, Montréal, no Canadá, oferece belas paisagens para quem quer passear de bicicleta. A cidade tem centenas de quilômetros de ciclovias e mais de 5.000 bicicletas disponíveis para aluguel. Alugar é simples: além de lojas específicas, há também o sistema de bicicletas públicas, que pode ser pago com cartão de crédito.

Barcelona, Espanha

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

Barcelona aparece em 8º lugar no ranking. O programa de aluguel de bicicletas foi lançado em 2007. A cidade espanhola conta também com uma ciclovia que passa por toda a área metropolitana, chamada de “anel verde”. No total, existem 3.250 vagas de estacionamento para bicicletas nas ruas e em garagens subterrâneas.

Pequim, China

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

A capital chinesa, Pequim, tem uma grande tradição na utilização das bicicletas. O excesso de veículos tornou o trânsito caótico e os deslocamentos mais lentos. Para fugir dos congestionamentos, a população retomou o velho hábito de andar de bicicleta. Hoje, existem cerca de 10 milhões de bikes que se espalham por toda a cidade. E o aluguel é barato: um modelo comum custa cerca de R$ 2,00.

Perth, Austrália

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

Ciclovias segregadas e outras construídas paralelas às ruas e às linhas dos trens fazem com que nessa cidade seja possível ir a quase todo lugar de bicicleta. Apesar das altas temperaturas do verão dificultar os trajetos de bicicleta, Perth oferece a possibilidade de visitar lugares mais agradáveis – como os parques – já que estes estão conectados ao restante da cidade através de redes de ciclovias.

Kyoto-Japão

12-melhores-cidades-do-mundo-para-se-pedalar

O trânsito de veículos é um dos maiores problemas urbanos. Entretanto, essa realidade é uma oportunidade para que os ciclistas possam se deslocar de maneira mais rápida e os turistas possam visitar mais locais e monumentos de um dos destinos históricos do Japão – onde há 17 sítios reconhecidos como Patrimônios da Humanidade. Como o centro de Kyoto é bastante plano e conta com um sistema de aluguel de bicicletas, chamadas Cycle Kyoto, os turistas usam esse sistema que oferece informação sobre as rotas da cidade e sugestões de locais a serem visitados.

Fotos: Divulgação

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color settings
Link color
Menu color
User color
Background pattern
Background image