Por que fazer intercâmbio em Malta - Yázigi Travel

Por que fazer intercâmbio em Malta

Por que fazer intercâmbio em Malta

Por que fazer intercâmbio em Malta

Belezas naturais, construções históricas, clima agradável, boa comida e gente simpática são alguns dos atrativos do arquipélago de Malta, muito procurado por pessoas que querem fugir dos destinos óbvios e aprender inglês sem gastar muito. “Malta é um lugar maravilhoso! Sabe quando você pensa no paraíso? Então, quando você for para lá vai entender a definição da palavra! Foi uma experiência incrível. Fui sozinha exatamente para ter liberdade e autonomia de me ‘virar’ sozinha no idioma.”, afirma Luciane Laikovski, que fez intercâmbio em Malta por um mês.

Malta conta com dezenas de escolas em seu território, principalmente na capital, Valleta, centro logístico, comercial e turístico do país e listada como patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. Esta antiga colônia britânica fica a meio caminho entre a Sicília, (região autônoma com estatuto especial da Itália) e a Tunísia, o que lhe rendeu um patrimônio histórico cultural singular, em que se podem reconhecer influências tanto de povos europeus quanto do norte africano. Antes do domínio inglês, foi disputada por sicilianos, espanhóis, muçulmanos e franceses.

O agito se encontra nas ótimas opções de entretenimento do local. À noite, a atmosfera pacífica do centro de Valletta e das cristalinas águas que chegam às inúmeras praias maltesas dá lugar a festas de música eletrônica e festivais culturais. Os eventos, que ocorrem durante o ano todo também em outras cidades do arquipélago, suprem a necessidade de quem procura por um lazer mais descolado. Já para quem prefere estar em meio à natureza e é adepto da prática de esportes, Malta tem muito a oferecer no que diz respeito a esportes aquáticos, sendo o lugar ideal para mergulhar ou andar de windsurf e wakeboard. “As praias são rochosas embora a água seja deliciosamente quente, no verão, e o mar seja de um azul que nos deixa fascinados.”, contou Fabiana Lubrano, que fez duas semanas de curso de idiomas.

Por que fazer intercâmbio em Malta?

1. As belas ilhas de Malta, Gozo e Comino fornecem o ambiente ideal para estudo e diversão. Aqueles que amam atividades ao ar livre praticadas num clima agradável irão se sentir em casa.

2. O ensino da língua inglesa foi muito bem estabelecido durante a colonização. O aumento do uso do inglês pelos jovens malteses, combinado com a famosa hospitalidade do povo, dá ao visitante a oportunidade de comunicação constante.

3. A ocupação de Malta por vários povos no passado deu às ilhas uma cultura fascinantemente eclética, cheia de diferentes estilos e tradições.

4. Mesmo com uma noite muito agitada e cheia de entretenimento, Malta é o lugar certo para quem pretende fugir dos grandes centros urbanos.

5. A cozinha maltesa tem muitos peixes, pães, vinhos, azeite de oliva e queijos. Um dos pratos típicos da ilha é a carne de coelho cozida com vinho e acompanha de batatas.

6. Sua excelente localização permite chegar a outros países da Europa.

por que fazer intercambio em malta

Informações úteis sobre Malta

Capital: Valetta
Idioma: maltês e inglês são as línguas oficiais; fala-se também italiano
População: cerca de 460 mil habitantes
Fuso horário: UTC +1, 3 horas a mais em relação ao horário brasileiro
Clima: Ameno e quente, tipicamente mediterrânico. Verões longos e secos e invernos curtos e úmidos.
Moeda: Euro
Código telefônico: +356
Voltagem: 230v, 50Hz
Tomada: de três clavilhas ou “de tipo G” (devido à influência britânica). Como é diferente da que estamos acostumados a utiliza no Brasil, será necessário o uso de um adaptador. O melhor é ser um de tipo universal.
Transportes: é fácil se deslocar em Malta. O sistema de transporte público é basicamente formado por ônibus e táxis, suprindo com maior frequência as duas maiores ilhas: Malta e Gozo. A média de duração das viagens via transporte público é de 20 a 30 minutos, não ultrapassando 50 minutos. Alugar um carro pode ser uma boa opção para quem deseja economizar tempo. Para acessar as três ilhas menores (Comino, Comento e Filfla), é necessário dispor de aluguel de barco. Serviço regular de barco liga Malta, Gozo e Comino em percursos de cerca de 20 minutos.

Visto e documentação

Passaporte: obrigatório.
Visto de estudante: para cursos de inglês de até 90 dias, não há a necessidade de visto. Mas se você pretende estudar em Malta por um período superior, precisará solicitar um visto de estudo. O processo é simples.
Visto de turismo: não é necessário visto para Malta quem viaja como turista e pretende ficar até 90 dias.
Visto de trabalho: você precisará primeiro ser selecionado para a vaga. O empregador maltês precisará comprovar que quer te contratar para que você possa concluir o visto.

Custo de vida em Malta

O custo de vida em Malta depende da localidade e varia do estilo do intercambista. De maneira geral, é possível encontrar em Malta lugares com valores bem acessíveis para quem vai passar um período estudando no país.

Por que fazer intercâmbio em Malta

O Yázigi Travel te leva a:

St. Julians

St. Julians

A história desta simpática cidade se iniciou com uma pequena vila de pescadores. Hoje, trata-se de um conhecido destino de verão para a classe alta maltesa e possui a vida noturna mais badalada da ilha de Malta. Com opções para todos os bolsos e gostos, o entretenimento para milhares de turistas é garantido por meio de hotéis, restaurantes, lojas e casas noturnas. Tudo isso, é claro, em meio a um paradisíaco cenário mediterrâneo.

Sliema

sliema

Também organizada em torno da pesca, a pequena cidade é a perfeita tradução de seu significado em maltês: paz. O ambiente tranquilo da península em que está situada faz de Sliema o local perfeito para quem deseja estudar longe do agito dos maiores centros, com vistas incríveis do mar aberto e da capital, Valletta. Um dos passeios obrigatórios para quem visita Sliema é a caminhada pelo calçadão que acompanha os cinco quilômetros de orla, onde se concentram muitas lojas, hotéis, restaurantes e cafeterias.

Gozo

Gozo Malta

É a segunda maior ilha em extensão territorial do arquipélago que forma Malta. Ilha possui um clima bem charmoso, graças a colinas e muralhas com as silhuetas visíveis de quase toda parte. Estas muralhas são rigorosamente espessas, devendo-se este exagerado reforço aos Cavaleiros de St. John que ali lutaram contra os Turcos e que por terem ganho uma batalha em 1565 passaram a temer uma eventual vingança dos mesmos. Aqui fica o templo monolítico de Tal-Ggantija, um grande complexo neolítico com mais de 5.500 anos. Ele está entre as mais antigas construções religiosas do planeta.

Msida

Msida

É uma pequena cidade de Malta, com mais de 8 mil habitantes, situada próxima a Valetta. A cidade é, originalmente, uma cidade portuária, ponto de pescadores da região antigamente. Hoje, no Yacht Marina, no porto Marsamxett, localizam-se restaurantes, café e lojas, atraindo para si a maior parte do movimento da cidade. A Universidade de Malta fica próxima a esse centro e atrai estudantes do mundo inteiro, a fim de conhecer os encantos desse território mediterrâneo. De Msida, você tem fácil acesso a St. Julians, talvez o local mais famoso de Malta.

St.Paul’s Bay

St.Paul’s Bay

Localizada ao norte da Ilha de Malta, muito próxima a capital nacional Valetta. Seu nome refere-se ao naufrágio de São Paulo, como documentado nos Atos dos Apóstolos. Segundo a Bíblia, São Paulo naufragou em uma ilha que muitos estudiosos identificam como Malta, em sua viagem de Cesaréia para Roma. O povo Maltês acredita que foi São Paulo que iniciou o cristianismo na Ilha.

E aí? Ficou convencido de que este país lindo tem tudo o que você procura? Vem fazer intercâmbio em Malta com o Yázigi Travel.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color settings
Link color
Menu color
User color
Background pattern
Background image