Austrália

Multicultural e moderna, a Austrália, sexto maior país do mundo, tem a menor densidade populacional do planeta: apenas dois habitantes por km². A explicação está no fato de 85% dos australianos viverem na região costeira, a cerca de 50 km do litoral, o que confere ao povo um jeitão simpático, descontraído e relaxado de viver. A maioria dos passeios e das atividades esportivas é feita ao ar livre, numa nação em que o contato com o meio ambiente é bastante valorizado.

O país, cuja cultura é fundamentada em noção de “fair go” (tratamento igual) e amor pela natureza, é dividido em oito regiões, e em todas elas há um sem-número de belezas para apreciar, passeios e atividades para se aventurar. Em Queenstown, estão a Grande Barreira de Corais, uma área repleta de corais, esponjas e peixes coloridos que fica em Cairs – ideal para quem adora mergulhar. Também fica nessa região o South Bank, a famosa praia urbana com uma lagoa de águas cristalinas, e Gold Coast, com as melhores ondas para surfe do mundo.

Em Nova Gales do Sul fica Sydney, para muitos, a cidade mais linda e deslumbrante da Austrália. No território de Victoria está Melbourne, a capital australiana dos esportes, sedo Melbourne Cricket Ground, maior templo esportivo do país. E no Oeste da Austrália está Perth, a metrópole mais isolada do mundo, de onde sai o Indian Pacific, um trem que percorre 4.352 quilômetros até Sydney, passando por Adelaide (na Austrália do Sul).

Motivos para se estudar na Austrália
- A educação que atrai milhares de estrangeiros todos os anos tem títulos importante, como prêmios Nobel e universidades no ranking das melhores do mundo.

- Ideal para quem quer fazer um programa combinado com a prática de esportes radicais.

- Brasileiros têm a seu favor o clima ameno e regiões com sol o ano inteiro, além da floresta e da hospitalidade dos australianos.

Capital
Canberra

População
24.435.748 hab.

Idiomas
A língua inglesa é predominante, com alguns resquícios de idiomas nativos (aborígenes) falados na porção central do país.

Moeda
Dólar australiano (AUD)

Fuso horário e tempo de voo
Trata-se de um trajeto bastante cansativo, podendo variar de 20 a 35 horas. Sem contar as escalas – não há voos diretos do Brasil para a Austrália – são cerca de 18 horas de voo no mínimo. As rotas mais comuns são via Argentina/Chile, Nova Zelândia e Austrália ou via África do Sul e Austrália. O país possui três fusos horários, variando a diferença de horário entre 11 e 13 com relação ao horário de Brasília.

Voltagem
230V

 

Conheça AS CIDADES

Adelaide
Brisbane
Cairns
Gold Coast
Hobart
Melbourne
Perth
Sydney
Whitsunday

Prefere atendimento rápido? Use o nosso chat online ou deixe seus dados e um consultor entrará em contato.

Style switcher RESET
Body styles
Color settings
Link color
Menu color
User color
Background pattern
Background image