Malta

Desejada por todos, conquistada por muitos. Nem de longe Malta passa, nos dias de hoje, pelo assédio ambicioso de povos europeus e africanos que passaram por ali e se interessaram por sua localização politicamente estratégica. A memória histórica e a influência de tantas culturas, agora somadas ao esbanjamento de tranquilidade do arquipélago, fazem deste um destino charmosamente único.

Durante grande parte dos seus sete séculos de história, o pequeno território de 316 km² foi almejado por praticamente todos aqueles que faziam do mar Mediterrâneo o seu caminho para a expansão. O que fenícios, gregos, cartagineses, romanos, bizantinos, muçulmanos, sicilianos, espanhóis, britânicos e franceses viam em Malta? A sua localização, é claro! Posicionado no centro de uma histórica zona marítima de conflitos, ao sul da Sicília e ao norte da África, o conjunto de ilhas mexia com o desejo dos mais gananciosos estrategistas.

De palco de lutas a patrimônio da humanidade tombado pela UNESCO, a rica arquitetura de Malta, que mescla o estilo militar com igrejas e palácios decorados por Caravaggio, tornou-se um dos pontos altos para quem visita o local. Mas o legado deixado pelos antigos dominadores de Malta não é apenas físico: as línguas oficiais são o maltês e o inglês, este último herdado pela presença do império britânico, entre 1800 e 1964. Junto com o idioma, a ilha também acabou assimilando um excelente sistema educacional.

Se o passado de Malta foi muito agitado pela ambição, o melhor agito do presente se encontra nas ótimas opções de entretenimento do local. À noite, a atmosfera pacífica do centro bucólico da capital Valletta e das cristalinas águas que chegam às inúmeras praias maltesas dá lugar a festas de música eletrônica e festivais culturais. Os eventos, que ocorrem durante o ano todo também em outras cidades do arquipélago, suprem a necessidade de quem procura por um lazer mais descolado. Já para quem prefere estar em meio à natureza e é adepto da prática de esportes, Malta tem muito a oferecer no que diz respeito a esportes aquáticos, sendo o lugar ideal para mergulhar ou andar de windsurf e wakeboard.

A entrada de Malta no rol dos países adeptos da União Européia fez o custo de vida local subir timidamente, embora o país ainda seja um dos mais baratos para se visitar no continente.

Motivos para se estudar em Malta
- as belas ilhas de Malta, Gozo e Comino fornecem o ambiente ideal para estudo e diversão. Aqueles que amam atividades ao ar livre praticadas num clima agradável irão se sentir em casa

- o ensino da língua inglesa foi muito bem estabelecido durante a colonização. O aumento do uso do inglês pelos jovens malteses, combinado com a famosa hospitalidade do povo, dá ao visitante a oportunidade de comunicação constante

- a ocupação de Malta por vários povos no passado deu às ilhas uma cultura fascinantemente eclética, cheia de diferentes estilos e tradições

- mesmo com uma noite muito agitada e cheia de entretenimento, Malta é o lugar certo para quem pretende fugir dos grandes centros urbanos

Capital
Valetta

População
438.166 hab.

Idioma
Inglês e maltês

Moeda
Euro (EUR)

Fuso horário e tempo de voo
O horário local é de quatro horas a mais com relação ao horário de Brasília.

Cerca de 18 horas. Deve ser considerada, pelo menos, uma escala, já que não há voos diretos do Brasil para Malta.

Voltagem
230V

 
 

Conheça AS CIDADES

Gozo
Sliema
St Julian's
St.Paul's Bay

Prefere atendimento rápido? Use o nosso chat online ou deixe seus dados e um consultor entrará em contato.

Style switcher RESET
Body styles
Color settings
Link color
Menu color
User color
Background pattern
Background image